Website em portuguêsPortuguês   English websiteEnglish
Yves Goulart
Ivy Goulart

Ver fotos ampliadasVer fotos ampliadas
 

Yves Goulart, brasileiro nascido em Urussanga, Santa Catarina, em 15 de maio de 1975, é ator, produtor e cineasta.

Goulart iniciou sua carreira artística em 1995, como ator nos palcos paranaenses.  Aos poucos foi descobrindo e conquistando outras formas de se expressar, como no cinema e na televisão.

Formou-se em Cinema e pós-graduou-se em Educação, na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, onde descobriu sua vocação como diretor, começando assim a construir a sua Filmografia.

Em 2005, completando 10 anos de carreira, Goulart foi homenageado pela Prefeitura Municipal e pela Câmara Municipal de Urussanga, recebendo o prêmio 'Honra ao Mérito', por representar artisticamente a sua cidade.

Em 2010, Goulart recebeu o prêmio 'Brazilian Press' da imprensa brasileira nos Estados Unidos, pelo destaque obtido em suas realizações na área de cinema.  No mesmo ano, foi nomeado 'Personalidade Lusófona do Ano' pela Associação CHAMA, da Universidade de Strasbourg, na França.

Foi homenageado em 2014 pela Instituição Multiplicando Talentos, que abriu o primeiro CineClube 3D de Urussanga, ganhando o nome de 'Sala Yves Goulart'.

Desde 2011, Goulart trabalha como repórter cinematográfico para as principais emissoras de TV brasileiras: SBT (2011 a 2015), Globo Internacional (2014 e 2015) e Record TV (desde 2016).

Veja Trabalhos Em Produção para mais informações sobre seus novos projetos de cinema.

O Ator


Ver fotos ampliadasVer fotos ampliadas
 

Goulart estudou teatro em Curitiba e trabalhou nas seguintes peças:

  • 'Transe' (1996), de Ronald Rad, dirigida por Marley Mello, interpretando Anselmo;
  • 'A Flauta Mágica' (1997 e 1998), de Mozart, dirigida por Marcelo Marchioro, interpretando Papagueno;
  • 'As Troianas' (1998), de Eurípides, dirigida por Guaraci Martins, interpretando Helena de Troia;
  • 'Onde Estivestes à Noite?' (1999), escrita e dirigida por Edson Bueno, interpretando Ariel;
  • 'La Serva Padrona' (2000), de Pergolesi, dirigida por Edson Bueno e Maestro Osvaldo Colarusso, interpretando Vespone;
  • 'Gente Criança' (2001 e 2002), de Rosy Greca, dirigida por Fátima Ortiz, interpretando Palhaço Pipoca.

No cinema, protagonizou o longa-metragem 'A Última Batalha' (2005), de João Stefan, interpretando Lucas, e participou do curta-metragem 'Quatro Amigos Falando de Amor' (2000), de Gil Barone.

Na televisão, Goulart trabalhou na Rede Globo, participando de 'Os Normais' (2003) e da novela 'Da Cor do Pecado' (2004).  Fez parte do elenco da novela 'Belíssima' (2005 e 2006), de Silvio de Abreu.

O Educador e Escritor

Goulart desenvolveu o projeto 'Oficina de Teatro' para a população carente, tendo lecionado em Urussanga (Santa Catarina), Curitiba (Paraná), Cascavel (Paraná) e Paranaguá (Paraná), de 1999 a 2002.

Em 2006, escreveu a monografia 'Cinema na Educação', durante o seu curso de pós-graduação em Educação, na Universidade Gama Filho.

Como roteirista, escreveu: Ouro Negro, Iluminuras, Edilamar, que foi selecionado para o projeto 'Revelando os Brasis - Ano I' (2004), do Ministério da Cultura, Na Rota Do Comboio Cultural, Lavagem Do Bonfim - Da Bahia A Nova York, Além Da Luz e Francisco De Assis - Uma Lição De Vida .  Também escreveu 'Urussanga', que recebeu o 'Prêmio Estímulo à Produção', como melhor roteiro, no 3° Catarina Festival de Documentário (2004).

O Cineasta

Como cineasta, produziu e dirigiu cinco filmes que participaram de diversos festivais e mostras nacionais e internacionais de cinema.  Veja Filmografia para mais detalhes sobre cada filme, incluindo exibições e prêmios.

O Curador


Ver fotos ampliadasVer fotos ampliadas

Goulart foi convidado pelo Dr. Domício Coutinho, presidente do Brazilian Endowment for the Arts (BEA), em Nova York, para ser o curador de cinema do projeto 'Brazilian Film on Thursdays' (2008 e 2009).

O projeto promove a exibição de filmes brasileiros clássicos, independentes e de sucesso, todas as quintas-feiras, com o objetivo de divulgar a cinematografia nacional.  Após as exibições, Goulart conduz debates com o público, contando com a presença de convidados especiais como: Guilherme Parreiras, Micki Mihich e Stela Brandão.

Em 29 de setembro de 2008, Coutinho e Goulart inauguraram oficialmente a 'Sala Nelson Pereira dos Santos', na BEA.  O cineasta Nelson Pereira esteve presente na solenidade, onde foi condecorado com a 'Medalha do Mérito Machado de Assis', da União Brasileira de Escritores de Nova York (UBENY). 

O Repórter Cinematográfico

Goulart participou de inúmeras reportagens, coberturas e séries para o jornalimo do SBT, destacando-se:

Para a Globo Internacional, trabalhou ao lado do jornalista Eliseu Caetano no programa de entretenimento semanal 'Planeta Brasil' (2014 e 2015), sobre a comunidade brasileira que vive nos Estados Unidos.  Entre as matérias realizadas destacam-se: 'Planeta 600' (2015), comemoração da 600a edição do programa, entrevista especial com o jornalista Lucas Mendes (2015), da 'Globo News', quando venceu o prêmio 'Maria Moors Cabot', da Universidade de Columbia, os bastidores do 'Brazilian Day' (2014 e 2015) e a cobertura da criação de um mural gigante em Nova York, feito pelos grafiteiros brasileiros Os Gemeos (2015).

Desde abril de 2016, trabalha na Record TV cobrindo as notícias factuais nos Estados Unidos, ao lado da jornalista Heloisa Villela.  Participou da cobertura das eleições presidencias americanas de 2016, da posse do presidente Donald Trump (2017) e da Assembleia Geral das Nações Unidas (2016 e 2017), durante o governo de Michel Temer.  Entre as matérias e séries realizadas para o 'Jornal da Record', destacam-se: 'O Som das Ruas em São Paulo e Nova York' (2016), sobre músicos nas estações de metrô, 'Voluntários em Países Arrasados pela Guerra' (2017), 'Perigo na Água' (2017), sobre a contaminação da água de Nova York com chumbo, e 'Massacre em Las Vegas' (2017), o maior massacre da história recente dos Estados Unidos.

Outras Notícias Sobre os Trabalhos de Goulart

Topo

 
Avanturi Productions