Goulart Filmes

A CARREIRA DE YVES GOULART (2010, 2008 E 2003)

 

JORNAL: JORNAL DO BRASIL (8 de agosto de 2010)
Axé em Nova York

"Me sinto parte de uma geração posterior àquela que participou da retomada do cinema brasileiro nos anos 90.  O avanço técnico das novas câmeras de HD, com qualidade igual ao 35mm, o uso de novos softwares de edição e até a Internet como veículo de distribuição nos permite maior flexibilidade para produzir um filme (...)."

 

JORNAL: THE BRASILIANS (novembro de 2008)
Cinema: O Take que Vai Existir para Sempre

"Meu envolvimento com o cinema vem desde cedo, quando eu era pequeno.  Aos 7 anos eu já fazia câmeras de filmar de papelão para entrevistar pessoas.  Era um faz-de-conta que eu criava.  (...) Mas na minha cabeça eu já estava trabalhando com imagens e sons."

"O momento decisivo, entretanto, foi quando eu não estava mais tão satisfeito com o teatro.  Eu sentia que não podia eternizar cada momento.  Eu podia tirar fotos e até fazer um vídeo, mas cada apresentação era única.  Por outro lado, o cinema me dá isso.  O take que vai existir para sempre."

 

JORNAL: GAZETA DO PARANÁ (19 de agosto de 2003)
Talento, Disciplina e Dedicação

"Além de vocação, é preciso muita disciplina e dedicação para conquistar o reconhecimento.  E o ator Ivy Goulart, de 28 anos, aprendeu isto muito cedo (aos 7 anos de idade)."