Website em portuguêsPortuguês   English websiteEnglish
Yves Goulart
Goulart Filmes

A Goulart Filmes foi criada em 2003 por Yves Goulart e atua nas linhas de documentário e ficção, com foco na utilização da linguagem poética.  Surgiu justamente no momento do advento do vídeo digital, que abriu as portas da linguagem cinematográfica, democratizando assim o fazer cinema.

Os filmes de Goulart ultrapassam os filmes independentes, pois são artesanais no sentido mais amplo da palavra e vão ao encontro do movimento dos cineastas da geração digital e HDV.  Com a necessidade de se expressar através do cinema, o Movimento Cine Artesanal, além de utilizar todas as linguagens cinematográficas, se distingue pelo fato de grande parte da criação ser realizada pelo próprio idealizador e diretor, ou seja, o roteiro, a produção, a fotografia, a filmagem, a edição e a divulgação.
 
A experiência do cineasta Goulart como ator no teatro, na televisão e no cinema traz um olhar atento e crítico ao mundo e é o que faz o grande diferencial da Goulart Filmes.  Um olhar que vai das profundezas das minas (Ouro Negro), passando pela dança (Iluminuras) e seguindo por estradas afora (Na Rota Do Comboio Cultural).

"O mais interessante é que a sua fonte de inspiração são coisas com as quais conviveu, revelando, assim, que a verdade de seu mundo artístico (interna) reside na verdade de seu mundo real (externa).  O que os olhos normais ignoram, os olhos de artista transformam em arte."  (Micki Mihich, Dynamite Online)

A Goulart Filmes tem uma identidade brasileira e utiliza-se da diversidade cultural do país para se apresentar e se integrar ao mundo, através de filmes de qualidade e conteúdo, fazendo do cinema um veículo capaz de ultrapassar fronteiras para compartilhar cultura e educação.

Os valores universais de ética, honestidade, verdade e justiça são os pilares fundamentais para a convivência humana.  A Goulart Filmes, através de suas obras, respeitará sempre esses valores, documentando e registrando o movimento, o som, a luz e a escuridão, eternizando assim a passagem do homem por aqui.

 

Equipe Goulart Filmes


MARCELO NIGRI, natural do Rio de Janeiro, se formou no curso técnico em processamento de dados do Instituto de Tecnologia ORT e em Ciências Contábeis, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro.  Também se formou no Curso Profissional de Dança Contemporânea da Escola Angel Vianna, no Rio de Janeiro, e no Curso Profissional de Dança Moderna, no Studio Merce Cunningham, em Nova York.  Na área financeira, trabalhou como auditor de empresas (de uma big four) e como controller.  Na área artística, trabalhou como coreógrafao e bailarino no Atelier Coreográfico do Rio de Janeiro e em suas próprias produções de dança.  Uniu as duas áreas quando começou a trabalhar com cinema e criou, junto com o diretor Yves Goulart, a Goulart Filmes.  É o diretor executivo e o produtor desde a sua fundação, em 2003.

 


NAYGLON GOULART nasceu em Urussanga - Santa Catarina, Brasil.  Cursou segundo grau técnico em comercialização e mercadologia no Centro de Educação Profissional (CEDUP) e, em 2006, formou-se em Comunicação Social, com especialização em Publicidade e Propaganda, pela Universidade UNISUL.  Em sua cidade natal, foi assessor parlamentar na Câmara de Vereadores de 2003 a 2008.  Sempre esteve ligado a associações e ONG’s que elaboram projetos sócio-culturais às comunidades de Urussanga e cidades adjacentes, desenvolvendo assim, junto com a Goulart Filmes, projetos de inclusão social à cinematografia.  Desde 2003, atua como produtor executivo da Goulart Filmes no Brasil.

 


ANTONIA GAMA nasceu no Rio de Janeiro, Brasil.  Formou-se em Cinema pela Universidade Gama Filho, em 2005, e é mestre em Ciências Sociais pela PUC-RIO (2009).  Atua na área de edição de vídeos, filmes e programas de televisão desde 2002 e também é professora de Avid e Final Cut Pro.  Entre seus principais trabalhos como editora estão os curtas-metragens Janelas para o Mundo, de Sidney Schroeder, e Da Terra, de Janaína Diniz Guerra, além de diversos programas da TV Globo, GNT e Canal Futura.  Também fez assistência de edição para os longas-metragens Mulheres do Brasil, de Malú de Martino, e O Homem de Lagoa Santa, de Renato Menezes.  Faz parte da equipe da Goulart Filmes como editora ou consultora de edição desde 2003.

 
Avanturi Productions